Alunos da UFSC Araranguá em Florianópolis

    Ontem estivemos, alunos do curso de TIC e Fisioterapia e membros do CALTIC, no Campus da Trindade, em Florianópolis, para junto ao DCE participar do ato "Prata, recebe o meu recibo", que teve como intuito, além de pressionar "o Magnífico" para que entre nas negociações da greve dos servidores que vem deixando sem BU e RU aquele campus, lembrá-lo que "tão, tão distante" existem campi sem moradia estudantil, sem RU aos finais de semana, sem professores, sem sala de aula, sem dignidade. 
    O DCE promoveu um almoço para estudantes dentro da reitoria, e lá foram colados vários cartazes contando nossa realidade, incluindo um band-aid de 4 metros. Como de costume, Alvaro Prata não apareceu. Os alunos de Florianópolis permanecem lá acampados, e devem desenvolver atividades como oficinas e debates inteirando os para com a realidade de nossa Universidade.
     O jornal Diário Catarinense vem cobrindo o ato. Leiam as reportagens aqui e aqui. Fotos abaixo.















O que você achou?

2 comentários:

  1. É o Reitor deve ta bem preocupado com a situação pra nem aparecer né..

    ResponderExcluir
  2. Disse o vice que ele tava em Brasília. Putz, o cara para mais em Brasília que político...

    ResponderExcluir