Bolsa Estudantil: o que você precisa saber

A PRAE divulgou hoje a resolução que acaba com o Bolsa Permanência e institui a Bolsa Estudantil, o novo programa de auxílio aos estudantes de graduação com situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A Resolução nº37/CUn (leia aqui) foi aprovada dia 27 de agosto, e tem muitas alterações importantes quando comparada ao programa Bolsa Permanência. As principais são:



  • O estudante NÃO PRECISARÁ mais dar a contra-partida à universidade, isto é, trabalhar 20 horas semanais em projetos ou outras atividades;
  • A bolsa agora é acumulativa com outras bolsas acadêmicas, como por exemplo bolsas de pesquisa e extensão. Porém a maioria destas outras bolsas não permite acúmulo, mas pode variar de edital para edital;
  • O estudante agora pode se afastar sem perder a bolsa para fazer intercâmbio, por no máximo dois semestres;
  • A aprovação mínima exigida nas disciplinas cursadas CAIU de 75% para 50%.
Assim que o edital da Bolsa Estudantil for lançado, todos os atuais bolsistas Permanência deverão concorrer novamente para a Bolsa Estudantil. O problema é que este edital deverá ser lançado nos próximos dias. Aconselhamos a você que mantenha seu cadastro sócio-econômico atualizado para que não tenha problemas na inscrição. 

O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário